SIMPE-RS inicia eleição paralela para PGJ e destaca importância da participação da categoria

0
15656

SIMPE-RS iniciou na quarta-feira, 24, a eleição paralela para que os servidores apontem o candidato de sua preferência à gestão do MPRS pelos próximos dois anos (Gestão 2019/2021). O processo vai até o dia 12 de maio e estão concorrendo nesta eleição os candidatos Fabiano Dallazen, Luiz Henrique Barbosa Lima Faria Corrêa e Márcio Schlee Gomes. Todos os servidores do MPRS podem participar da eleição, independente de serem ou não sindicalizados.

Voto em Estrela

Para possibilitar que todos votem, o Sindicato está disponibilizando a votação eletrônica, através do endereço http://eleicoes.simpe-rs.com.br/ ou pelas urnas volantes que estão circulando nos locais de trabalho. O resultado será conhecido dia 13 de maio e entregue ao Governador do Estado pela Direção Executiva do Sindicato, a partir do primeiro dia útil após a apuração.

A importância de participar

O Sindicato destaca a importância da participação dos servidores neste processo. Ele representa  uma oportunidade de manifestação em relação a necessidade de maior presença da categoria nos espaços de decisão do Ministério Público e de democratização da instituição. Esta escolha, que será entregue ao governador Eduardo Leite, já teve, em outros momentos, peso decisivo para a escolha do PGJ pelo Executivo. E a expectativa é de que esta decisão, agora, também seja levada em consideração pelo atual governo, já que o gestor do órgão não exerce o cargo apenas em relação aos membros, mas para todo corpo funcional.

Eleição em Vacaria

Durante as visitas para levar as urnas de votação, os dirigentes do Sindicato também reúnem com os servidores para debater temas relevantes para a categoria e destacar a importância da participação de cada um no processo eleitoral. O resultado deve expressar, em peso, a vontade de toda a categoria.

Hoje, somente os membros votam para indicar o candidato de sua escolha a partir de uma lista que é enviada ao governador, que escolhe o titular do órgão, cujo nome pode ou não ser o escolhido pelos seus pares. Mas, para a categoria, esta prática vai contra a necessária democracia que deve haver dentro da instituição e impede os servidores de participarem desta escolha.

E esta posição é unanimidade em todos os ministérios públicos do país. Tanto que já há uma PEC tramitando (PEC do Voto – nº 147/2015), no Congresso Nacional e que propõe a participação efetiva dos servidores no processo eleitoral dos ministérios públicos em todo o Brasil.

O objetivo da PEC é trazer ao debate a necessidade de abertura democrática do Ministério Público para a participação de seus servidores efetivos.

Participe da eleição e mostre o candidato de sua preferência. Esta é uma manifestação necessária para pavimentarmos o caminho da democracia dentro do MPRS e uma oportunidade de demonstrarmos que os servidores precisam ser ouvidos e participar dos espaços de decisão, já que são eles que fazem o MP ser o que é e estar entre os melhores do país. Até o dia 12 de maio, PARTICIPE da ELEIÇÃO PARALELA pela internet ou vote na urna itinerante. É hora de mostrar nossa vontade!

Assessoria de Comunicação

26/04/2019 11:38:27

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here