Governo retira quórum para não votar Reposição

0
477

Desde a manhã desta terça-feira os servidores do MP, TCE, Judiciário e Defensoria pressionaram os parlamentares pela Reposição Salarial. Toda a pressão e articulação da categoria resultou na entrada dos projetos de 5,58% na ordem do dia. Esta foi uma vitória dos e das servidoras.

Porém, os parlamentares não cumpriram o acordo firmado no mês de outubro e retiraram quórum da sessão quando os projetos de Reposição seriam votados. Agora o foco precisa ser a mobilização para encher as galerias da ALRS na próxima terça-feira, dia 18.

A garantia do direito à Reposição Salarial foi comentada pelo Presidente do SIMPE, Jodar Prates, “é um direito para todos os servidores receber reajuste inflacionário. Esta condição precisará ser garantida com organização e mobilização de todos e todas”, disse ele.

Servidores nas galerias da ALRS

“A vitória da Reposição será apenas a primeira. A nossa gestão será de muita luta e avanços para os servidores do Ministério Público do RS”, afirmou Jodar. Outra vitória foi a articulação para os líderes não darem acordo ao Projeto que cria 41 cargos em Comissão do MP (PL 09/2018).

Mobilização para dia 18

A nossa Reposição Salarial será votada no dia 18. E o SIMPE já solicitou, como de costume, a liberação para os servidores irem para a ALRS. É muito importante o esforço de mobilização de todo o conjunto de servidores e servidoras para garantirmos a aprovação do nosso direito.

“Temos a certeza da votação! Agora a tarefa é conseguir votos para a aprovação dos projetos, para isso é necessário encher as galerias e comemorar a nossa reposição”, convoca o presidente do SIMPE. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here